Imposto de Renda 2022 – Saiba como declarar após o prazo limite

Já declarou seu IR – Imposto de Renda 2022? O prazo para declaração chegou ao fim e se você estava na lista de obrigatoriedade e não declarou, saiba como proceder mediante o atraso. Caso tenha perdido o prazo, não se preocupe, pois ainda é possível acertar as contas e se manter em dia com o seu tributo. Para isso, nos vamos te orientar.

Publicidade

Nosso intuito neste artigo é falar um pouco sobre um dos tributos mais importantes no nosso país. O IR é um imposto federal que incide diretamente sobre a renda do trabalhador. Sendo assim, você declara o quanto faturou no ano anterior. A declaração é exigida uma vez ao ano e deve ser feita nos primeiros meses, tendo inclusive um prazo máximo.

O prazo para declarar o Imposto de Renda 2022 se encerrou na terça-feira, dia 31 de maio. Muitas pessoas acabam se enrolando e esquecendo de fazer a sua declaração, o que implica em multa por atraso que incide sobre o valor do imposto devido. Por isso, se este for o seu caso, continue lendo para saber como regularizar e fugir dos juros.

imposto de renda 2022
imposto de renda 2022 (imagem do google)

Sobre o Imposto de Renda

Publicidade

O Imposto de Renda 2022 é um tributo pago pelos brasileiros ao Governo Federal. O recolhimento ocorre anualmente e segue algumas regras acerca de quem deve se enquadrar. Todavia, o valor pago por cada pessoa depende dos rendimentos declarados, ou seja, pessoas que possuem uma renda maior, pagam mais impostos em comparação com aqueles que faturaram menos.

Para somar os rendimentos é bem simples, bastas reunir todos os ganhos que você teve ao longo do ano, podendo ser: seu salário, aluguéis, investimentos, prêmios de loterias e muitos outros. Tudo que implica em um valor faturado, deve ser somado e você pagará uma parte disso para o Governo Federal, desde que tenha atingido o ganho mínimo para declarar.

O intuito do Imposto de Renda 2022 é garantir que as pessoas que obtiveram renda maior que o valor estipulado comprovem que todos os bens e ganhos do ano anterior foram obtidos de forma legal. Para saber se você está dentro das regras de obrigatoriedade leia os próximos tópicos, iremos te contar qual a renda mínima e como declarar após vencido o prazo.

Quem precisa declarar?

O prazo para a declaração do Imposto de Renda 2022 chegou ao fim e fica aquela pulga atrás da orelha: Será que eu precisava ter declarado? Descobrir isso é muito simples, basta conferir as regras de obrigatoriedade. Assim, se você é daqueles que gosta de estar sempre dentro das leis, ainda estará a tempo de se regularizar.

O critérios para definir quem deve declara são disponibilizados no site da Receita Federal e podem ser facilmente acessados. Para tanto, vamos facilitar a sua busca, por isso trouxemos um resumo com os quatro critérios em que o tributo é cobrado. Confira na lista a seguir e entenda de uma vez por todas se você se enquadra ou não nas condições.

  • Renda: Se recebeu em 2021 rendimentos tributáveis que excedam o valor de R$ 28.559,70. Ou, rendimento isentos que excedam a R$ 40.000,00;
  • Condição de residente no Brasil: Que passou a ser residente no país e estava aqui na data de 31 de dezembro de 2021;
  • Operação em bolsa de valores e ganho de capital: Que obteve em qualquer período do ano algum ganho com alienação de bens ou direitos, ou mesmo que tenha realizado operações na bolsa de valores;
  • Bens e direitos: Que possuía, em 31 de dezembro de 2021, a posse de bens e direitos que ultrapassem o valor de R$300.000,00;
  • Atividade Rural: Que obteve receita bruta no ano de 2021 com atividade rural maior que R$142.798,50.

Além das situações citadas, declaram também aqueles que venderam imóvel e aplicaram o valor da venda, em um prazo de 180 dias, na compra de outro imóvel no país, optando pela isenção do IR sobre o ganho do capital. Se você se encaixa em uma das situações citadas, saiba que é de suma importância que declare o seu Imposto de Renda 2022 e nós te contaremos porque.

E se eu não declarar?

Falando em Imposto de Renda 2022 e de repente vem aquela dúvida: E se eu não declarar este ano? Bom, é melhor não fazer isso, visto que além de estar suscetível aos juros, corre outros riscos ainda piores. Para começar, caso esteja na lista de obrigatoriedade e tenha perdido o prazo, está sujeito a multa com juros de 1% ao mês ou fração de atraso.

No caso de o contribuinte decidir não prestar contas e também não pagar a multa, a cobrança será aplicada à declarações futuras com acréscimos legais. Neste caso, o seu CPF também pode ficar irregular, uma vez que o não pagamento faz com que ele seja cadastrado no Cadin – Cadastro Informativo dos Créditos não Quitados de Órgãos e Entidades Estaduais.

O Cadin é o banco de dados que registra os inadimplentes perante a Receita Federal, sendo assim, ele tem cadastrado todas as pessoas que possuam algum débito com órgãos e entidades federais. Funciona basicamente como um Serasa, só que do governo. Dito isso, se não quiser ter um impedimento no seu CPF, é melhor declarar logo o seu Imposto de Renda 2022.

Valores do Imposto de Renda 2022

Para saber quanto você deve pagar no Imposto de Renda 2022 é simples e basta conferir a tabela referencial de valores. Apesar de ter em pauta uma nova tabela, a reforma não foi aprovada e para este ano seguem os valores da tabela antiga, que está vigente desde 2015. Veja a seguir quais são os valores de alíquota referente a cada faixa de renda mensal:

  • Renda superior a R$ 4.664,68: Arca com alíquota de 27,5% e parcela dedutível em torno de R$869;
  • Renda de R$3.751,06 a R$4.664,68: Arca com alíquota de 22,5% e parcela dedutível em torno de R$636;
  • Renda de R$2.826,66 a R$3.751,05: Arca com alíquota de 15% e parcela dedutível em torno de R$354;
  • Renda de R$1.903,99 a R$2.826,65: Arca com alíquota de 7,5% e parcela dedutível em torno de R$142;
  • Renda de até R$1.903,98: Está isento do IR 2022.

A parcela dedutível é o valor retido mensalmente no salário ou pago pelo contribuinte com base em outros rendimentos, conforme os critérios que mostramos anteriormente. Então, se chegou até aqui e acha que está na lista de obrigatoriedade e ainda não declarou o Imposto de Renda 2022, leia o tópico seguinte para saber como proceder.

Saiba como declarar após o prazo

Esqueceu de declarar o seu Imposto de Renda 2022 e está preocupado? Temos uma boa notícia, você ainda pode fazer a sua declaração de forma prática e rápida pela internet. A menos que se trate de um atraso de mais de cinco anos, nesse caso você precisaria ir presencialmente a Receita Federal e regularizar a pendencia. Em casos mais recentes, siga os passos abaixo:

  • Acesse o site do Governo Federal e baixe o PGD – Programa Gerador de Declaração;
  • Selecione o ano ao qual precisa ser regularizado e faça o download do programa;
  • Preencha com atenção as informações pedidas e envie o documento;
  • Por fim, emita a guia de pagamento (DARF) referente a multa por atraso;

O processo é basicamente o mesmo para declaração dentro do prazo, diferindo apenas pela emissão da DARF referente a multa por atraso. Vale ressaltar que, o não pagamento da DARF dentro do prazo implica na progressão dos juros. Por fim, esperamos ter ajudado a sanar as suas dúvidas sobre o Imposto de Renda 2022. Para ficar por dentro de mais dicas quentinhas acompanhe o nosso blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *