Saiba Suas Opções Para Um Financiamento Imobiliário

Preparamos este artigo, com a finalidade de informar você, a respeito de suas informações sobre o financiamento imobiliário e suas opções.

Publicidade

O acesso a informação é de direito de todos e quando o assunto envolve a vida financeira das pessoas, se torna fundamental. O conhecimento relacionado ao assunto para que decisões sejam tomadas da maneira correta.

Simulação de financiamento imobiliário, existem das mais diversas, com muitas opções de taxas, prazos e condições diferentes. No financiamento imobiliário as pessoas, infelizmente acabam se sentindo presas aos bancos aos quais possuem conta.

Publicidade

Por esse motivo, deixam de conhecer outras opções disponíveis e que por muitas vezes podem ser até melhores das encontradas. É essencial que o futuro comprador analise cuidadosamente todas as possibilidades antes de adquirir um contrato de financiamento imobiliário.

Nossa primeira instrução, é que você procure um profissional da área que seja idôneo e saiba te orientar a tomar a melhor decisão possível.

Com o passar dos anos surgiram inúmeras opções para que você possa adquirir sua casa própria. Separamos abaixo quais são as mais buscadas e concorridas dentro do mercado financeiro para o financiamento imobiliário

Opções de financiamento imobiliário:

1 – Planos do governo acessíveis à população de classe baixa e média.

Esta é uma opção que tem facilitado em muito a vida do povo brasileiro de classe baixa e média, pois tornou acessível a realização do sonho da casa própria através de facilitações criadas pelo governo.

Nesse caso, a pessoa interessada em comprar a casa própria precisa ter uma renda entre R$1.600,00 a R$5.000,00 de acordo com as regras atuais e adquirir um imóvel com teto máximo de R$ 190.000,00.

O benefício dessa modalidade são as menores taxas de juros, que variam de 5% a 7,16%, com entrada a partir de 10%.

2 – Consórcio

Esta opção de crédito tem várias vantagens que são: juros baixos; a possibilidade de utilizar o FGTS para licitar e receber a carta de crédito com agilidade; o prazo para liberação, que varia entre 60 a 180 meses e fundo de reserva.

Todavia, o interessado em adquirir sua casa própria através desta opção não pode ter pressa em já adquirir o imóvel, pois, se depender do sorteio para contemplação, poderá ser o primeiro ou o último beneficiado.

Caso haja a possibilidade e condições financeiras de ofertar lance de sorteio, nesse caso será mais rápido a contemplação do valor da carta de crédito.

Por se tratar de uma modalidade de crédito sem juros, o consórcio possui a taxa de administração, que é um percentual cobrado para que o grupo de cotistas seja administrado. Portanto, haverá organização do começo ao fim do consórcio.

3 – Taxas

Geralmente, as taxas de administração de consórcio imobiliário variam de 15% a 20%. Mesmo assim, são mais atrativas do que os juros dos financiamentos imobiliários.

Vale lembrar, que os consórcios também possuem uma taxa de "fundo de reserva". Você pode até estar se perguntando, pra que serve o findo de reserva?

O "Fundo de reserva" serve para que haja segurança no grupo de cotistas e que o mesmo na feche pela falta de pagadores. Esta taxa de fundo de reserva geralmente oscila entre 0,5% e 2,5%.

Mas não se preocupe, pois o valor que você pagará do fundo de reserva já estará embutido em sua parcela mensal do consórcio. O valor referente a este percentual retornará para você ao final do pagamento de sua última parcela.

4 – Financiamento imobiliário direto com a construtora

Esta opção trata de negociações de imóveis com valores superiores a 500 mil reais, como empreendimentos ainda na planta de construção, prédios comerciais e residenciais, condomínios de luxo e etc.

Geralmente pessoas que buscam por esta opção de financiamento imobiliário, tem a intenção de realizar a quitação do financiamento em um curto espaço de tempo.

Nesse caso, existe a vantagem de obter uma excelente negociação com a incorporadora do empreendimento e existe a facilidade na liberação do crédito devido o risco ser menor quanto ao pagamento do mesmo.

O problema dessa escolha está na cobrança de juros de 12% ao ano mais IGPM (Índice Geral de Preços de Mercado), após o recebimento das chaves, levando a um aumento considerável no preço final.

5 – Realizar cotações em bancos privados

Simulação de financiamento imobiliário é o que determina o norte a ser seguido de acordo com suas condições financeiras.

Faça varias simulações de financiamento antes de tomar sua decisão final. Não é porque determinada instituição possui alguns benefícios que outras não possuem que você já vai fechar contrato com a mesma.

Realize ao longo do seu processo de compra várias simulações de financiamento imobiliário, pois acredite, você se surpreenderá com a quantidade de opções existentes no mercado financeiro.

Sendo assim, você perceberá que pode valer apena abrir mão de um benefício que uma instituição financeira tem, para poder pagar menos juros em outra.

Os consumidores que têm um bom relacionamento com o banco podem obter taxas de juros mais baixas. Antes de fazer a escolha, é recomendável pedir a todas as financeiras o Custo Efetivo

Total, que mostrará todas as parcelas do financiamento, incluindo demais taxas embutidas no contrato e seguro.

Se você deseja saber mais informações relacionadas as modalidades de financiamentos, acesse o nosso site e tenha acesso a todo o nosso conteúdo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *